Estudo aponta que coronavírus pode sobreviver por até 28 dias em celular e dinheiro

Top